Páginas

domingo, 19 de março de 2017

PEQUENAS GRANDES MENTIRAS


Impossível não ficar curioso com a mini serie da HBO Big Little Lies. Elenco estelar (Nicole Kidman, Reesse Whisterpoon, Shailene Woodley, Laura Dern, entre outros), escritor de renome (David E. Kelly, de Ally Mcbeal, lembra?) e a qualidade da marca HBO. Acredite quando eu digo que vale a pena ver os 7 episódios deste grande momento da televisão deste ano.

Baseado no best seller escrito por Liane Moriarty, a produção é uma daquelas que tem muitos protagonistas, porem sem desviar o foco para algum. Claro que num primeiro momento, até mesmo por seu nome estar por primeiro na (maravilhosa) abertura, Reese Wisterpoon e sua franca, desbocada e perua Madeline uma mulher incomodada com o fato de seu ex-marido ter um casamento perfeito com a calma e serena Bonnie (Zoe Kravitz). Cheia de personalidade, Madeline é alvo de inveja por várias outras mulheres do balneário de Monterey. Ela é muito amiga de Celeste (a incrível Nicole Kidman) que vive um casamento de aparências com o truculento Perry (Alexander Skarsgard). As duas fazem amizade com a jovem mãe solteira Jane (Shailene Woodley). O cotidiano dessas mulheres se resume a levar os filhos na escola e se reunir para tomar um café. Mas cada uma tem um pequeno segredo que esconde das demais. 

Reese: desbocada e perua na medida certa
Shailene: misteriosa 
Nicole: melhor em cena

Enquanto conhecemos a intimidade de cada uma dessas figuras, uma outra linha narrativa apresenta os personagens secundários dando um depoimento para policia onde certamente ficamos sabendo que uma das personagens matou e outra morreu. É uma versão distorcida daquela que acompanhamos até então. E o mistério aumenta a cada capitulo. Tambem os filhos pequenos de cada uma dessas mulheres que se relacionam de modo na amigável na escola.

Criado para televisão por David E. Kelly, Big Little Lies (HBO, domingo 23h00) é a mais elogiada produção feita para a TV deste ano até o momento. E não engana pela embalagem bonita. As atrizes dão show em cada cena e critica especializada indica ser o melhor trabalho em muito tempo das atrizes Reese Whisterpoon e Nicole Kidman. Mérito do diretor Jean Marc-Vallee de Livre e Clube de Compras de Dallas. Além das já citadas Reese, Nicole e Shailene, o elenco principal ainda conta com Zoe Kravitz e Laura Dern como Renata uma executiva com apetite sexual acima do normal e uma especie de rival declarada de Madeline. 

Apesar de cada personagem e cada atriz brilhar em sua própria história, a mais interessante em cena e que rouba as atenções é Nicole Kidman e sua Celeste. Mãe de gêmeos, Celeste abandonou uma promissora carreira de advogada a pedido do marido ausente. Perry é machista e egoísta que dentro das quatro paredes do casal explode uma fúria e acaba sempre abusando e violentando a esposa (uma das cenas mais chocantes da mini série). 

Uma mini serie imperdível e necessária nestes tempos de empoderamento feminino.

Laura Dern, Nicole, Shailene, Zoe Kravitz e Reese: quinteto espetacular

Nenhum comentário: